Malemolência ou Delírio

 

Ando meio atravessada por uma malemolência dúbia. Não sei se é o calor, se são os dias que tem passado por mim rápidos o suficiente para que eu não os perceba. Só sei que se abala sobre meu corpo a tal malemolência, que o tempo me atravessa e não reajo.

Eu posso suportar esse calor; posso suportar porque ainda existe água. Porque posso me encher dela quando estou cansada de outras coisas, de dar voltas em mim mesma sem chegar a lugar algum. Depois de dar muitas voltas pelo apartamento, gastar um pouco esse piso que brilha demais, resta-me a parada em frente ao filtro. Gelada, entorno corpo adentro a água antes mesmo que o copo adquira sua temperatura. Posso suportar esse calor, mas não as grades. Não sei ser um corpo preso nas invisíveis grades da segurança de um quarto de hotel, do seu coração que pensa que me ama ou da sua paz de me olhar como se eu fosse algo garantido. Sabe, eu tenho pernas, e elas foram feitas para andar por um motivo. Sou livre. Posso não ter asas, mas se você me pegar discutindo futebol vai achar que possuo um belo par delas, de dragão. Não, eu não vou concordar com você, ou torcer para o seu time só para te agradar. Não há ninguém que me faça votar em político com cara de avestruz e muito menos abdicar das minhas escolhas e dos caminhos a-religiosos que eu resolvi tomar, embora eu às vezes fraqueje e reze. Eu não colocaria aquele vestido branco. Nem por você e nem por ninguém eu deixaria de fazer aquela viagem e passar o tempo necessário absolutamente longe de tudo. Nem mesmo pelos absurdos que os seus lábios insistem em sussurrar longe dos ouvidos, mas ao pé dos meus lábios, tão próximo que os toca às vezes; nem mesmo pelo beijo que incrusta o segredo mais absurdo como presa entre nossas bocas. Não há nada que me separe de mim mesma, nem mesmo você, que poderia muito bem ser confundido com um pedaço de mim.

 

 

Imagem do pintor René Magritte

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s