O caminho que não há

Gosto do escuro, porque nele sou outra pessoa, a verdadeira e a única que sou – que a luz impõe uma máscara por demais pesada e repleta de cores, de formas e interpretações. Livro-me dela num piscar.

Gosto da noite, do fechar dos olhos e do olhar para dentro. É o único olhar verdadeiro que há. Sem julgamentos, sem pressões, sem ar, sequer. Gosto ainda de abrir os olhos e continuar submissa aos desejos da escuridão. O escuro é libertador, é uma corrente que dá linha ao invés de segurar.

A luz é quem diz quão grandes são as distâncias. Mede-as. Por isso gosto do abismo. O abismo que existe na profundidade que não se enxerga. O fundo que não se alcança com as pupilas. Gosto da sensação de que não existe fim. Da mesma forma como não é preciso um começo ou um meio, também não quero e não sinto a necessidade do fim.

É impossível precisar o quanto já se passou de uma história, a não ser que se esteja fora dela. E ainda assim… mesmo fora delas, as histórias tem um contorno impreciso. Gosto da luz que revela, mas gosto mais do escuro que vela. Vela por todas as coisas que não se pode revelar e que se guarda. No escuro, tudo se enxerga. No escuro é que fica claro.

No escuro há uma dor que é bela. Um choro que pode ser sem medo de ser visto, um zunido que baixa sobre os ouvidos como a poeira sobre os móveis depois de dias sem limpeza.

Há no escuro uma espera, que permite a surpresa. Uma doce empreitada de sono, um canto que aguça os ouvidos e cabe na alma. Não há sobra, não há face. Há só o soluço do tempo passar sem se saber o quanto. Não existe a aflição do tempo no escuro, pois não se sabe quanto tempo passou.

Tem a cegueira, mas tem uma revelação, que compensa em tudo a falta por uma presença que é tão mais esbelta: a espessura do sonho, a textura do véu de uma mortalha.

 

 

 

Imagens do fotógrafo Julio Bittencourt

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s